122.300 km con un Nissan Leaf

Aqui pode colocar a sua experiência de condução com o Nissan LEAF
Avatar do Utilizador
ruimegas
Gestor do Forum
Mensagens: 5074
Registado: 04 jan 2011, 23:39
Data de fabrico: 09 jun 2011
Capacidade bateria: 59 Ah 12 barras
Localização: Oeiras
Contacto:

122.300 km con un Nissan Leaf

Mensagem por ruimegas » 16 mai 2013, 22:28

122.300 km con un Nissan Leaf

[IMG]http://1.bp.blogspot.com/-SJjA7EjHOZM/T ... n+leaf.jpg[/IMG]

"Steve Marsh, conocido como el usuario TaylorSFGuy en el foro MyNissanLEAF, conduce unos 200 km al día para desplazarse entre su casa y su trabajo, la mayor parte de ellos en autopista. De este modo ha llegado ha superar los 122.000 km después de 2 años y 2 meses, suponiendo una autentica prueba de fiabilidad para el eléctrico japonés.

Inicialmente para estos desplazamientos realizaba dos recargas diarias, una en el trabajo y otra por la noche, lo que supone hacer más de 1.200 ciclos completos, sin embargo la batería ha empezado a mostrar signos de deterioro y ya no le permite recorrer los 100 kilómetros de autopista con una sola carga, teniendo que recurrir a, al menos, una recarga rápida a lo largo del día.

[IMG]http://2.bp.blogspot.com/-3eUNmeae5dY/U ... n-Leaf.jpg[/IMG]
Steve Marsh con su Nissan Leaf

El uso que Steve ha dado al Leaf es posiblemente el más intenso que un fabricante puede esperar, ya que a lo largo del día la batería apenas descansa entre carga y descarga. La media de kilómetros diarios recorridos por Steve (155 km/día) supera la de Roberto, el taxista de Valladolid que conduce otro Nissan Leaf (127 km/día) e incluso la de Tom, que ha puesto a prueba un BMW Active-E (136 km/día).

Durante estos dos años de uso el coche ha dado pocos problemas. Fue llamado a revisión por Nissan debido a un problema con los calentadores de baterías y él mismo reparó un elevalunas que fallaba. Por lo demás solo tiene quejas del sistema Carwings, que suele perder la conexión.

[IMG]http://2.bp.blogspot.com/-qLShrKuqoz4/U ... Leaf-2.jpg[/IMG]
El marcador del Leaf de Steve después de 11 meses

Steve calcula que ha perdido un 17% de capacidad en su pack de baterías, basándose en los datos de un aparato externo que mide el estado de la batería, lo que supondría la desaparición de dos de las 12 barras en el marcador. Sin embargo el Nissan Leaf sigue mostrando las 12 barras de capacidad. Si nos fiamos del marcador del Leaf habría perdido como mucho un 8% de capacidad en 122.000 km, menos que el BWM Active-E que dio una perdida del 8% a los 70.000 km. Si nos fiamos del medidor de Steve la perdida sería un 9% cada 70.000 km.

Este último dato tiene más sentido por la bajada de autonomía que el usuario ha notado en sus desplazamientos diarios pero supondría un fallo por parte del medidor del propio vehículo, algo que sería interesante que la propia Nissan determinase por tratarse de un caso tan excepcional. De hecho Steve se ha puesto en contacto con Nissan para preguntar el coste del cambio de baterías, a lo que aun no ha recibido respuesta.

[IMG]http://1.bp.blogspot.com/-pKapJ2O-sC0/T ... ricos2.jpg[/IMG]

Steve, que pagó 18.000 euros por su Nissan Leaf, calcula que se ha ahorrado unos 5.000 euros en combustible durante estos dos años y se plantea ahora un cambio de coche, posiblemente al nuevo Nissan Leaf, aunque no descarta esperar a la salida del Infinity o buscar un Tesla Model S de segunda mano."

Em: http://www.forococheselectricos.com/201 ... .html#more
NISSAN LEAF Branco c/Spoiler mk1 de 09JUN2011. 185.000 kms.
TESLA Model 3 AWD. Encomenda 03JUL2019. Entrega 09JUL2019. 47078 kms.
Associado da Associação de Utilizadores Veículos Eléctricos http://www.uve.pt

Fil
Proprietário Leaf
Mensagens: 4215
Registado: 20 mai 2013, 19:19
Data de fabrico: 01 jan 2018

Re: 122.300 km con un Nissan Leaf

Mensagem por Fil » 25 mai 2013, 15:22

Olá!

Tenho de admitir, que de todos os textos que aqui li, este é o que mais me assusta. Se perder 17% com 120 mil klms, o veículo pode deixar de se útil para quem faz viagens superiores a 100 klms regularmente, e aos 300 mil terá 30% a menos na melhor das hipóteses, trocar de baterias será dispendioso, a opção será trocar por outro eléctrico melhor, o que não será possível para a maioria das pessoas, que provavelmente tentará compensar ao máximo o investimento realizado, por exemplo se fizermos uma média de 20 mil klms anuais e se investirmos cerca de 15 mil € (mais a entrega de um veículo recente), gastamos cerca de 1600€ em gasóleo+revisões e peças, arredondamos para 2000€/ano de média, precisaríamos de 7,5 anos para recuperar o investimento e o carro já teria 150 mil klms (isto se continuássemos a não pagar na rede pública), se nessa fase o tentássemos vender por a autonomia já não ser suficiente para as viagens de fim de semana, que valor teria o carro ? Penso que só a marca o compraria à troca de um novo, porque a partir daí o número de interessados diminuiria substancialmente. Estou enganado ou a ver por um prisma diferente do vosso? Eu sei que também é importante sentirmo-nos bem com o que possuímos e quem tem um leaf é muito mais que o recuperar de valor, mas para se chegar à maioria das pessoas penso não haver outro caminho.

RJSC
Proprietário Leaf
Mensagens: 3445
Registado: 13 jan 2011, 20:27
Data de fabrico: 15 ago 2012
Capacidade bateria: 16kWh, 9 Barras
Localização: Aveiro

Re: 122.300 km con un Nissan Leaf

Mensagem por RJSC » 25 mai 2013, 15:53

Infelizmente para quem tem que contar os cêntimos ainda é muito difícil ter um VE, mas eu comprar outro de combustão também não compro.
Se é para andar a combustão, ando com o que tenho até "cair aos bocados".
Para mim entrar no carro e sentir o motor fazer barulho e e saber que está a sair fumo do escape já é um suplício e não seria um carro de combustão novo que me iria dar prazer de condução.

Só não compreendo porque quem não tem problemas financeiros e compra carros de combustão por 60 000€ ou 80 000€ não encomenda um Model S pelo mesmo preço...

Fil
Proprietário Leaf
Mensagens: 4215
Registado: 20 mai 2013, 19:19
Data de fabrico: 01 jan 2018

Re: 122.300 km con un Nissan Leaf

Mensagem por Fil » 25 mai 2013, 16:29

Sou da mesma opinião, o único problema foi o que referi relativamente à autonomia. Se não cumpre a distância mínima necessária, que cumpria sem problemas no início deixa de ser viável, só mesmo comprando novas baterias e mais eficazes. Em 7 ou 8 anos muita coisa muda, especialmente tecnologicamente falando, mas por aí também não sabemos o que vai acontecer, até porque podem existir novas tecnologias que suplantem o eléctrico.

RJSC
Proprietário Leaf
Mensagens: 3445
Registado: 13 jan 2011, 20:27
Data de fabrico: 15 ago 2012
Capacidade bateria: 16kWh, 9 Barras
Localização: Aveiro

Re: 122.300 km con un Nissan Leaf

Mensagem por RJSC » 25 mai 2013, 16:44

Fil Escreveu: (...) até porque podem existir novas tecnologias que suplantem o eléctrico.
Só se se inventar alguma forma de propulsão exótica anti-gravitacional e mesmo assim aposto que funcionará com eletricidade.
Seja com baterias, seja com células de combustível, o futuro pertence ao motor elétrico.
Espero bem que não acabem os elétricos com baterias recarregáveis (e sem aluguer obrigatório), senão mais uma vez estaremos à mercê da especulação das empresas de comercialização de combustível.

Avatar do Utilizador
Filipe
Proprietário Leaf
Mensagens: 2981
Registado: 19 fev 2011, 03:51
Data de fabrico: 09 mai 2011
Capacidade bateria: 51,50 Ah - 10 Barras
Localização: Murtal - Parede - Lisboa

Re: 122.300 km con un Nissan Leaf

Mensagem por Filipe » 25 mai 2013, 20:23

Tens toda a razão RJSC, o futuro pertençe aos motores graviticos ( a alimentação é uma mera pilha de 9V, que até pode ser das recarregáveis ) 8-)
Nissan LEAF mk1 - Cinzento-Prateado - 86,5 K em 29 Jul 2018.
Nissan LEAF 2.0 - Spring Cloud - 3 K em 29 Jul 2018

Avatar do Utilizador
mjr
Administrador do site
Mensagens: 9735
Registado: 04 jan 2011, 15:55
Data de fabrico: 30 mai 2018
Capacidade bateria: 114.8 Ah 12 barras
Localização: Porto

Re: 122.300 km con un Nissan Leaf

Mensagem por mjr » 27 mai 2013, 16:01

Cada caso é um caso e terá de ser analisado antes de adquirir o carro. Não recomendo comprar o carro necessitando fazer diariamente mais de 80-90 km sem possibilidade de carregar a meio.

A questão da troca de baterias depende apenas do preço. Se o preço for de 6000€, como a diferença entre um Leaf com aluguer de bateria e um Leaf com a bateria incluída, então esse valor será amortizado, relativamente a um CI, a cada 90000km. Se a bateria durar 180000km, então nesses 180000mk foram poupados 12000€ e terão de ser gastos 6000€ para uma bateria nova. Uma poupança líquida de 6000€ face a um CI para essa distância e sem contar com os custos de manutenção do CI. Se contarmos com esses custos então facilmente podemos chegar aos 10000€ de poupança líquida nesse prazo. Tendo em conta que um CI equivalente custa cerca de 8000€ menos que o Leaf, então a coisa funciona financeiramente.

No meu caso que faço cerca de 65km por dia, posso ter 50% de degradação da bateria e o carro ainda ser útil. Como é possível que no futuro possa vir a carregar a meio da viagem, bastarão 35km de autonomia para o carro funcionar no dia a dia. Claro que nos outros dias já não funcionará, mas aí o carro já deverá ter bem mais de 10 anos e um valor de mercado reduzido.
Nissan Leaf 40 Tekna preto, entregue em 30 de maio de 2018. 40000km em 2022-03-06
Nissan LEAF mk1 Preto, entregue em 7 de julho de 2011. 171000 km em 2022-03-06.
Tesla Model 3 LR preto entregue em 2019-03-06. 73000km em 2022-03-06.
Sócio da associação de Utilizadores de Veículos Elétricos, UVE: http://www.uve.pt

Fil
Proprietário Leaf
Mensagens: 4215
Registado: 20 mai 2013, 19:19
Data de fabrico: 01 jan 2018

Re: 122.300 km con un Nissan Leaf

Mensagem por Fil » 28 mai 2013, 23:27

Penso que a questão não se deve basear apenas no dia a dia, até porque o veículo deve servir para muito mais que isso, e penso que a maiorias das pessoas usa o veículo como meio de transporte para o trabalho, mas também para as voltinhas de fim de semana ou segunda casa. De qualquer das formas, o exemplo que dei foi a pensar num caso prático, de alguém que durante a semana faça 50 ou 60 klms por dia para o trabalho, mais voltinha menos voltinha, e ao fim de semana vá para a casa de férias que fica a mais de 100 klms. A não ser que a família tenha um segundo veículo, a partir de certa altura as voltinhas de fim de semana passarão a demorar mais tempo (no caso de ter um carregamento rápido pelo meio) ou serão impossíveis de fazer, face à falta de autonomia, autonomia essa que poderia ser essencial para justificar o valor do carro. Obviamente que estou a dificultar as coisas, e a levá-las ao extremo, propositadamente, para conseguir perceber o limite existente do veículo, porque pela ideia que tenho, para a maioria das pessoas, o veículo servirá provavelmente, até nos fartamos dele, para todas as deslocações casa-trabalho.

RJSC
Proprietário Leaf
Mensagens: 3445
Registado: 13 jan 2011, 20:27
Data de fabrico: 15 ago 2012
Capacidade bateria: 16kWh, 9 Barras
Localização: Aveiro

Re: 122.300 km con un Nissan Leaf

Mensagem por RJSC » 28 mai 2013, 23:45

As coisas complicam-se essencialmente para quem como eu sonha e livrar-se da combustão a 100%, e só ter VE.
O ideal para mim era os veículos terem uma tomada standard para carregamento em movimento e então só teria um VE e um atrelado com gerador para as viagens longas.

Este foi um modelo único feito para testes pela Toyota no tempo do RAV 4 EV com bateria Ni-MH que um sortudo conseguiu comprar.
Tem 30 kW de potência (suficiente para viajar continuamente em auto-estrada) e a configuração híbrido-série com este atrelado gerador conseguia consumo de combustível mais baixos que o RAV 4 a gasolina.
Imagem
Última edição por RJSC em 29 mai 2013, 03:22, editado 1 vez no total.

Avatar do Utilizador
Filipe
Proprietário Leaf
Mensagens: 2981
Registado: 19 fev 2011, 03:51
Data de fabrico: 09 mai 2011
Capacidade bateria: 51,50 Ah - 10 Barras
Localização: Murtal - Parede - Lisboa

Re: 122.300 km con un Nissan Leaf

Mensagem por Filipe » 29 mai 2013, 00:36

Foi precisamente nesse esquema que eu tinha pensado, mas como não há maneira de eu o fazer sem estragar a garantia, teria de ser um pouco mais complicado, isto é,
teria de ter um atrelado que em vez de carregar as baterias, empurrase o carro ( penso que nas auto-estradas seria possível, evitando a sua utilização nas grandes subidas ) 8-)
Nissan LEAF mk1 - Cinzento-Prateado - 86,5 K em 29 Jul 2018.
Nissan LEAF 2.0 - Spring Cloud - 3 K em 29 Jul 2018

Responder

Voltar para “Experiência de condução com o Nissan LEAF”