Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Toda a discussão relativa a Pontos de Carregamento também conhecidos por EVSE (Electric Vehicle Supply Equipment) vem para aqui.
Avatar do Utilizador
Nonnus
Mensagens: 499
Registado: 10 set 2017, 04:43
Data de fabrico: 01 jun 2017
Capacidade bateria: 83,14 Ah 12 Barras

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por Nonnus » 10 out 2018, 03:20

Apr Escreveu:
09 out 2018, 20:36
É preciso ter calma, vejo muita gente stressada com isto não entendo porquê. O que quer que se se faça hoje não quer dizer que não seja alterado amanhã se não resultar. O que importa é acabar com uma fase piloto que era suposto durar alguns meses e já vai em 7 anos...

A unica coisa que me deixa um pouco apreensivo é que vão faturar sobre rede muitissimo insuficiente pois serão precisos mais PCR disponiveis por local para fazermos viagens com alguma garantia que não vamos ter que esperar pela nossa ver de carregar. Mas as coisas têm que avançar talvez seja essa a fase a seguir ao inicio do pagamento.
Tomei a liberdade de "puxar" este comentário para este tópico porque acho que não faz sentido estarmos a discutir este assunto no tópico da UVE. Espero que não te importes Apr. 8-)

Ainda não me prenunciei acerca deste assunto pelo motivo que o Apr menciona "É preciso ter calma, vejo muita gente stressada com isto não entendo porquê". Esta tudo a sofrer por antecipação!

Mas alguém sabe ao certo como vai ser? Fala-se em 10x mais, que vai ser mais caro que os combustíveis fosseis, as facturas vai ser uma complicação, vou vender o meu carro etc e tal, quando ao certo ninguém sabe.

Eu sinceramente ainda nem sequer percebi bem como vai funcionar certas coisas, mas isso talvez seja problema meu de ter o raciocínio lento. :doh:

Por exemplo, temos de escolher um CEME e o cartão da mobi.e vai deixar de funcionar. Mas quando, e como é que nos vão apresentar as várias condições de cada CEME para vermos qual o que se adapta a nós?

Se até dia 1 não tivermos esse assunto resolvido ficamos a pé?

Por exemplo quem já tem um cartão de um CEME precisa de fazer outro, ou o antigo é actualizado com um NIB e serve a mesma?

Ainda há tanta coisa por esclarecer! Não tenho visto no facebook nada acerca deste assunto porque é coisa que não tenho, mas tenho visto em outros sites e fóruns que abordam este assunto tanto disparate acerca de uma coisa que ninguém sabe ao certo como vai ser.

O migle menciona num comentário que a factura vai ser uma confusão e quando alguém lhe perguntar quanto custa carregar o carro vai ser difícil de responder. migle, quando vais ao restaurante e te apresentam um factura detalhada se te perguntarem quando pagas para comer naquele restaurante não consegues responder? Ou se te perguntarem em média quanto pagas de electricidade, não consegues responder?

Vai ser a mesma coisa, uma factura detalhada com um valor final, ponto.

Ainda em relação aos preços isto como tudo vai ser o mercado da oferta e da procura. Preços altos vai afastar possíveis clientes, lembrem-se que ao contrário dos combustíveis fosseis os veículos eléctricos não estão 100% dependentes dos PCR´s.

- Mas o PCR´s dão imenso jeito para fazer viagens. Dão sim senhor, não conseguimos correr o país de norte a sul num tempo razoável sem eles. Mas se o preço for muito elevado e se eu tiver uma viagem até a destino de 50km em vez de carregar até aos 80% carrego só até aos 50% e resto carrego no destino. Por outro lado se os preços forem apelativos já carrego até aos 80%. Isto vai ter que se ajustar, e só o tempo o dirá.

Acerca da acção da UVE sobre este assunto (já li pelo menos dois comentários acerca deste assunto) quem foi ao ENVE e assistiu algumas conferências deu para perceber que a UVE não esta nisto da mesma maneira que Antral ou a Fenprof esta para defender os interesses dos seus "associados". Muitos se calhar gostavam que a UVE tivesse a mesma posição (manifestações agressivas), mas a UVE além de não ter a mesma representação a nível de sócios, isto ainda esta tudo muito verde e a estratégia da UVE passa (penso eu, é a sensação que tenho, nunca ninguém me disse, nem sou ninguém para falar em nome da UVE) por se dar bem com todos. Somos todos amigos, temos conversas amistosas, é a conversar é que nós nos entendemos. Representar 1000 (numero a sorte) associados não é a mesma coisa que representar 10000. :idea:

Muitos ao lerem estas palavras podem pensar que sou um conformista, e é por isso que não vamos a lado nenhum. Não, não sou conformista. Não sofro é por antecipação e dou sempre o beneficio da dúvida, há tanta coisa por esclarecer e isto envolve tanta gente e tantos interesses que é redundante estarmos a tirar conclusões nesta altura. Vamos sempre dar ao mesmo, ninguém sabe como vai ser até dia 15, e mesmo depois certamente que vai haver muitas alterações e ajustes, porque afinal isto é tudo novo para todos (governo, OPC, CEME, utlizadores etc e tal). Alguns vão dizer, pois, mas já andamos nisto a 7 anos portanto não há desculpa. Pois, mas envolve tanta gente e tanto interesse que é o que se vê.

Só uma nota final em relação a UVE. Isto é uma pescadinha de rabo na boca. Não me faço sócio porque a UVE não representa os meus interesses, mas sem um nº elevado de sócios a UVE não tem poder para reivindicar os interesses dos sócios. Pensem nisto, a união faz a força.
Última edição por Nonnus em 10 out 2018, 12:11, editado 2 vezes no total.
Proprietário de Nissan Leaf 30KWh desde: 25 de Setembro de 2017
- 9 meses depois 15/06/2018 30000km
- 12 meses depois 25/09/2018 40000km

Avatar do Utilizador
Filipe
Proprietário Leaf
Mensagens: 2669
Registado: 19 fev 2011, 03:51
Data de fabrico: 09 mai 2011
Capacidade bateria: 51,50 Ah - 10 Barras
Localização: Murtal - Parede - Lisboa

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por Filipe » 10 out 2018, 08:30

Gostei, haja serenidade :)
Nissan LEAF mk1 - Cinzento-Prateado - 86,5 K em 29 Jul 2018.
Nissan LEAF 2.0 - Spring Cloud - 3 K em 29 Jul 2018

Avatar do Utilizador
ruimegas
Gestor do Forum
Mensagens: 5051
Registado: 04 jan 2011, 23:39
Data de fabrico: 09 jun 2011
Capacidade bateria: 41,20 Ah 08 barras
Localização: Oeiras
Contacto:

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por ruimegas » 10 out 2018, 09:05

Filipe Escreveu:
10 out 2018, 08:30
Gostei, haja serenidade :)
+1
NISSAN LEAF Branco c/Spoiler. Encomenda 19JAN2011. Entrega 09JUN2011. 125.000 kms a electrões and counting
Sócio da Associação de Utilizadores Veículos Eléctricos http://www.uve.pt

Avatar do Utilizador
rimsilva
Proprietário i3
Mensagens: 1104
Registado: 31 mar 2016, 14:40
Data de fabrico: 15 mar 2016
Capacidade bateria: 60 Ah
Localização: Vila Nova de Gaia

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por rimsilva » 10 out 2018, 11:30

Nonnus Escreveu:
10 out 2018, 03:20
Apr Escreveu:
09 out 2018, 20:36
É preciso ter calma, vejo muita gente stressada com isto não entendo porquê. O que quer que se se faça hoje não quer dizer que não seja alterado amanhã se não resultar. O que importa é acabar com uma fase piloto que era suposto durar alguns meses e já vai em 7 anos...

A unica coisa que me deixa um pouco apreensivo é que vão faturar sobre rede muitissimo insuficiente pois serão precisos mais PCR disponiveis por local para fazermos viagens com alguma garantia que não vamos ter que esperar pela nossa ver de carregar. Mas as coisas têm que avançar talvez seja essa a fase a seguir ao inicio do pagamento.
Tomei a liberdade de "puxar" este comentário para este tópico porque acho que não faz sentido estarmos a discutir este assunto no tópico da UVE. Espero que não te importes Apr. 8-)

Ainda não me prenunciei acerca deste assunto pelo motivo que o Apr menciona "É preciso ter calma, vejo muita gente stressada com isto não entendo porquê". Esta tudo a sofrer por antecipação!

Mas alguém sabe ao certo como vai? Fala-se em 10x mais, que vai ser mais caro que os combustíveis fosseis, as facturas vai ser uma complicação, vou vender o meu carro etc e tal, quando ao certo ninguém sabe.

Eu sinceramente ainda nem sequer percebi bem como vai funcionar certas coisas, mas isso talvez seja problema meu de ter o raciocínio lento. :doh:

Por exemplo, temos de escolher um CEME e o cartão da mobi.e vai deixar de funcionar. Mas quando, e como é que nos vão apresentar as várias condições de cada CEME para vermos qual o que se adapta a nós?

Se até dia 1 não tivermos esse assunto resolvido ficamos a pé?

Por exemplo quem já tem um cartão de um CEME precisa de fazer outro, ou o antigo é actualizado com um NIB e serve a mesma?

Ainda há tanta coisa por esclarecer! Não tenho visto no facebook nada acerca deste assunto porque é coisa que não tenho, mas tenho visto em outros sites e fóruns que abordam este assunto tanto disparate acerca de uma coisa que ninguém sabe ao certo como vai ser.
...
Estamos no mesmo ponto que já estivemso em Julho de 2017, depois de 1 ano pouco ou nada mudou, parece que acordaram para a vida 1 mês antes de tudo começar.

Como a comunição da mobi.e é uma nolidade dá nisto.

Tudo indica que no dia 15 de Outubro vamos ter as proposta dos 3 CEME's online e a partir daí aderir a uma das propostas, realizando um contrato e receber poucos dias depois um cartão em casa.
Se o que já li estiver correcto o cartão da mobi.e vai continuar a funcionar SE o utilizador aderir a uma das propostas, caso não o faça é o mesmo que assuimir que não quer carregar nos PCR's e dessa forma o cartão da mobi.e não irá funcionar como é natural.

Que me parece que 15 dias é curto demais parece... que o prazo deverá ser alargado mais 15 dias pelo menos também me parece ou em caso de "teimosia" (com a data de 1 de Novembro), muita gente não vai estar preparada para carregar no dia 1.

Quanto ao resto é esperar para ver...

Avatar do Utilizador
migle
Mensagens: 1202
Registado: 01 set 2017, 00:21
Data de fabrico: 25 set 2017
Capacidade bateria: 78Ah

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por migle » 10 out 2018, 20:58

Eu penso que 15 dias corresponde aquele prazo que costuma haver entre o preço se tornar público e o momento em que entra em vigor. Ou seja, preços que não sejam tornados públicos a 15 de Outubro não poderão estar em vigor a 1 de Novembro.

Concerteza que nada impede os CEME de apresentar o seu preço antes. Só não estão interessados nisso... Mesmo considerando que se hoje um deles tivesse apresentado um preço e um endereço de email para pedir cartões, provavelmente já teria ficado com alguns clientes mais preocupados...
Ioniq EV Imagem — Prius+ Imagem

Avatar do Utilizador
mjr
Administrador do site
Mensagens: 7952
Registado: 04 jan 2011, 15:55
Data de fabrico: 30 mai 2018
Capacidade bateria: 114.8 Ah 12 barras
Localização: Porto

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por mjr » 10 out 2018, 21:06

Do que sei, os CEME também andam num corrupio para ter tudo pronto, pelo que provavelmente vão todos apresentar os preços e contratos no dia 15. Na prática teremos 1 semana para decidir e uma semana para receber o cartão. É curto, mas foi esse o calendário imposto pela tutela.
Nissan Leaf 40 Tekna preto, entregue em 30 de maio de 2018. 3500km em 2018-07-15.
Nissan LEAF mk1 Preto, entregue em 7 de julho de 2011. 156000 km em 2018-06-05.
Sócio da associação de Utilizadores de Veículos Elétricos, UVE: http://www.uve.pt
Unidades corretas a usar na ME.

Avatar do Utilizador
MRider
Proprietário Leaf
Mensagens: 988
Registado: 07 fev 2014, 00:20
Capacidade bateria: 40 Ah

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por MRider » 10 out 2018, 21:30

Na Madeira segundo já me informei não vai começar a ser pago os pcr. Pelo menos este ano.

Avatar do Utilizador
rimsilva
Proprietário i3
Mensagens: 1104
Registado: 31 mar 2016, 14:40
Data de fabrico: 15 mar 2016
Capacidade bateria: 60 Ah
Localização: Vila Nova de Gaia

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por rimsilva » 11 out 2018, 16:44

mjr Escreveu:
10 out 2018, 21:06
Do que sei, os CEME também andam num corrupio para ter tudo pronto, pelo que provavelmente vão todos apresentar os preços e contratos no dia 15. Na prática teremos 1 semana para decidir e uma semana para receber o cartão. É curto, mas foi esse o calendário imposto pela tutela.
É o habitual, mesmo nas empresa.

Normalmente nas vesperas são directas atrás de directas, tudo à pressa e depois dá em cagada, com mais tempo a corrigir a porcaria feita...

Se der para encobrir memos mal, se não será caótico.

Para já hoje, dia 10 de Outubro, a mobi.e continua muda e calada, penso que ninguém colocou um simples aviso nos pcr's a explicar os proximos passos... custa muito simplificar e tornar as coisas claras para toda a gente.

caz
Mensagens: 35
Registado: 28 ago 2018, 13:30
Data de fabrico: 15 ago 2018
Capacidade bateria: 40 Kwh
Localização: Lisboa

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por caz » 11 out 2018, 19:42

Com este sistema de facturação vamos ter resultados brilhantes... Tinha o carro a carregar num pcn. Houve um erro qq e parou o carregamento.

Recebo email da mobi.e com esta informação:

Início de Carga: 2018-10-11 17:14:28;
Fim de Carga: 2018-10-11 18:16:15;
Duração: 01:01:47;
Eletricidade Consumida: 23.96 kWh.
...

plpepapf
Mensagens: 192
Registado: 31 out 2017, 16:38
Data de fabrico: 01 out 2016
Capacidade bateria: 12 barras

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por plpepapf » 11 out 2018, 22:52

Tambem quero um PCN destes, a essa velocidade nem é preciso PCRs :D

Responder

Voltar para “Carregamento”