Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Toda a discussão relativa a Pontos de Carregamento também conhecidos por EVSE (Electric Vehicle Supply Equipment) vem para aqui.
Avatar do Utilizador
migle
Mensagens: 1393
Registado: 01 set 2017, 00:21
Data de fabrico: 25 set 2017
Capacidade bateria: 78Ah

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por migle » 09 nov 2018, 00:26

Bravo! Claro que fizeste!
Parabéns e já valeu a pena.

Isto é muito reles:
frankesousa Escreveu:
09 nov 2018, 00:13
  • Rematam dizendo que enviaram o assunto para os advogados por estarem a ser acusados! vamos ver, tudo pela ME :think:

frankesousa Escreveu:
09 nov 2018, 00:13
  • Fiquei a saber que não estamos na "fase comercial" mas sim numa "fase de transição", na qual os OPC ainda não têm verdadeiramente de cumprir "qualidade de serviço" e que isso só vai acontecer aquando do início de pagamento do PCN. Nessa altura os OPC passarão a "responder" à ERSE que lhes vai impor uma QoS
Yupi!!!
Vai haver multas por cada minuto que os PCRs das autoestradas estiverem fora de serviço! (à imagem do que acontece com a rede eléctrica)
Ioniq EV Imagem — Prius+ Imagem

Avatar do Utilizador
mjr
Administrador do site
Mensagens: 8067
Registado: 04 jan 2011, 15:55
Data de fabrico: 30 mai 2018
Capacidade bateria: 114.8 Ah 12 barras
Localização: Porto

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por mjr » 09 nov 2018, 00:44

Muito bem. Realmente os postos não têm de estar a 50kW, mas sendo pago pelo tempo temos de ser bem informados da potência disponível.

A troca de informações com o OPC foi verbal ou por escrito?
Nissan Leaf 40 Tekna preto, entregue em 30 de maio de 2018. 12800km em 2018-11-02.
Nissan LEAF mk1 Preto, entregue em 7 de julho de 2011. 158000 km em 2018-11-02.
Sócio da associação de Utilizadores de Veículos Elétricos, UVE: http://www.uve.pt
Unidades corretas a usar na ME.

Avatar do Utilizador
frankesousa
Mensagens: 85
Registado: 17 abr 2018, 00:11
Data de fabrico: 20 fev 2016
Capacidade bateria: 71,74 Ah 12 barras

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por frankesousa » 09 nov 2018, 00:49

mjr Escreveu:
09 nov 2018, 00:44
Muito bem. Realmente os postos não têm de estar a 50kW, mas sendo pago pelo tempo temos de ser bem informados da potência disponível.

A troca de informações com o OPC foi verbal ou por escrito?
Até agora, OPC e MobiE foi só conversa telefónica. o OPC confirmou que ia responder formalmente. A MobiE disse que o OPC ia responder por email.
Engraçado que da parte deles (MobiE) não falaram em responder pro escrito. O que compreendo já que muita desta informação que me deram e que escrevi aqui parece-me, digamos, "pouco aceitável". Não acredito que aceitassem enviar por escrito.

Pareceu-me que o fulano da MobiE que me ligou estava "contra bastantes coisas do sistema" e por isso decidiu ligar-me em vez de responder por escrito.
Leaf Acenta 30kWh de 2016
4/2018 - 37.000Km (72,98Ah - 12 Barras)
10/2018 - 47.500km (71,75Ah - 12 Barras - 90.27% SOH)

Avatar do Utilizador
BrunoAlves
Proprietário Ioniq EV
Mensagens: 3284
Registado: 30 abr 2016, 12:39
Data de fabrico: 16 jun 2014
Capacidade bateria: 57Ah
Localização: Mealhada

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por BrunoAlves » 09 nov 2018, 00:59

:clap:
Se forem conduzir, não bebam. Se forem beber, chamem-me!!! :D

LFN
Mensagens: 201
Registado: 30 nov 2014, 00:41
Data de fabrico: 12 mar 2013
Capacidade bateria: 65,5 Ah

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por LFN » 09 nov 2018, 01:06

Lindo. Cada vez melhor. Ainda vai ser preciso um doutoramento para se conseguir carregar um EV em Portugal. :oops:

Para além da confusão que é calcular o custo de um carregamento, conseguimos evitar o problema de noutros países serem necessários vários cartões para as diferentes redes existentes, criando uma rede única para a qual são precisos vários cartões, consoante a hora/dia/potência do posto. Brilhante. :shock:

Proponho a atribuição de um Nobel a estas sumidades.

Avatar do Utilizador
BrunoFonseca
Mensagens: 363
Registado: 16 jul 2018, 12:32
Data de fabrico: 29 mai 2018

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por BrunoFonseca » 09 nov 2018, 01:17

frankesousa Escreveu:
09 nov 2018, 00:13
Antes de mais desculpem mas vou publicar aqui um post grandito tentando explicar o resultado de uma reclamação que fiz sobre a potência de carregamento nos PCR (principiantes os pagos em €/min). Já tinha dito que ia reclamar, já reclamei, e já tenho resposta para partilhar com o pessoal dos VEs.

Quem tiver algum tempo que leia este "testamento" porque penso conter informação bastante relevante para todos os UVE

Como já em vários carregamentos que fiz no passado nos PCRs tinha reparado que alguns eram lentos (por volta dos 35/37 kW "apenas"), agora com os pagamentos decidi ir fazer o teste no dia 1/10 (testar também o cartão novo) ao PCR MTS-00001 (Matosinhos - Mercado).
Para não haver duvidas, fiz o registo total do teste, bateria a 20º, 55% de carga, Leaf 30kWh, LeafSpy -> Tudo prontinho.

4 Minutos depois, a energia carregada e o LeafSpy confirmavam que só estava a obter não chegava a 37kW (noutros locais tenho registos de quase 47kW). A minha conclusão foi -> O posto está limitado em potência, mas anuncia 50kW no mapa da MobiE, é pago ao minuto, estão a enganar-me!

1ª passo -> Reclamar
Na passada 2ª feira enquanto viajava de avião para a Noruega (sendo a meca dos VE deu-me inspiração extra) escrevi um belo email de reclamação, visando o OPC (que deve ser o dono do posto e visar pela sua qualidade), a MobiE (que devia garantir o cumprimento dos regulamentos técnicos e qualidade de serviço) e a EDP (o meu CEME ao qual disse que não pagaria o valor do OPC sem a correcção devida por estar a ser enganado).
Nota Adicional: talvez tenha exagerado um pouco na reclamação porque estamos ainda no inicio da fase comercial, mas como tiveram
quase 2 anos para preparar a mesma estava à espera de uma cena já mais madura!!!

2ª Passo -> Recebo chamada do OPC
Passados apenas 5 minutos de enviar o email com a reclamação com as 3 entidades em "to" recebo uma chamada do OPC (Mobiletric) um pouco "sentidos" com a acusação e a tentar sacudir as culpas para a MobiE e/ou dizer que talvez eu não tenha feito o teste de forma cientifica o suficiente para os poder acusar.
O resumo da conversa (que foi feita em 2 chamadas porque no entretanto tive de voltar ao avião porque estava em escala) foi o seguinte:
  • o OPC diz que é a MobiE a controlar remotamente a potência de saída dos PCRs :shock: :shock: :shock: o que não acredito ser verdade
  • Depois diz que este PCR foi "herdado" da MobiE e que se estava limitado já vinha e que não era responsabilidade deles!
  • Ainda diz que os PCR instalados por eles (como o novo PCR da avenida de França no Porto) têm a certeza que dá 50kW, mas este eles não conseguem mudar (estranho mais uma vez)
  • Nunca admitem que possa ser limitação do PCR e começam a "acusar" o meu carro de não carregar a mais potência porque não quer. Obrigando-me a explicar-lhes que já fiz uns 15 carregamentos e tenho vários à potência nominal deste tipo de postos EFACEC QC50
  • Dizem por fim que vão reclamar com a EFACEC e com a MobiE e depois me dizem algo.
  • Rematam dizendo que enviaram o assunto para os advogados por estarem a ser acusados! vamos ver, tudo pela ME :think:
3ª Passo -> Recebo hoje chamada da MobiE
Um colaborador da MobiE muito prestável (parecia que estava "do nosso lado", apresentando mesmo alguma indignação pelo estado da MobiE e dos carregamentos em Portugal) liga-me dizendo que tinham recebido a reclamação e que tinham informações sobre isso para me dar. Aui vai o resumo do que me disse:
  • Confirmaram junto do OPC, e este posto (tal como outros) têm realmente a potência limitada!
  • Confirmaram que o OPC já recebeu da MobiE o posto assim, e que esta configuração já vem da altura da instalação do mesmo porque a baixada (ou o contrato não sei) não suportava os 50kW. Assim ficou "capado" na potência por configuração do instalador (EFACEC).
  • Confirmaram que neste momento a informação de potência de cada ficha presente no mapa da MobiE é puramente informativa, não "contratual" e não é obtida do posto. É mesmo configurada à mão na BD ao criarem o posto.
  • Disseram que iam fazer uma ronda pelos OPC/ PCRs requerendo a cada 1 deles a potência real dos mesmos para actualizarem a BD/ Mapa com isso
  • Confirmaram que os OPCs são livres de configurarem os postos com a potência que quiserem e que a MobiE não tem autoridade para "obrigar" os mesmos a fornecerem um serviço "de qualidade" garantindo os 50kW. Se os OPCs disserem que o posto está a 30kW, eles põem isso no mapa e pronto, passam a estar "legais" e a anunciar a potência real
  • Após a minha sugestão, concordaram que seria necessário adicionarem uma coluna adicional na lista de preços dos OPCs indicando a potência de cada posto, já que afinal não é "tudo igual (de 50kW)" como todos nos pensávamos ser
  • Fiquei a saber que não estamos na "fase comercial" mas sim numa "fase de transição", na qual os OPC ainda não têm verdadeiramente de cumprir "qualidade de serviço" e que isso só vai acontecer aquando do início de pagamento do PCN. Nessa altura os OPC passarão a "responder" à ERSE que lhes vai impor uma QoS
  • Confirmaram também que podemos reportar falhas directamente ao OPC, mantendo a MobiE nos emails, e que estes têm efetivamente 72h para as resolver (na teoria digo eu!).
  • Perguntei, e os PCNs? Resposta: pois, aí não há nada a fazer. Os OPC que instalem PCN como "iniciativa privada" (que não sejam rede piloto) fazem o que lhes apetecer. Podem desligar à vontade, remover, etc etc. Aliás, quem paga a electricidade desses PCN "não piloto" não é a MobiE mas sim os OPCs. Sabiam disto? Pensei que os electrões para todos os PCNs eram pagos pela MobiE. Assim claro que os OPCs desligam aquilo agora com todo o mundo a correr para lá!
Com isto, temos mais uma variável (com esta da potência diferente por posto já vai para aí no "z" :lol: ) para a equação de calculo necessário para os UVE identificarem o posto mais barato ou simplesmente saberem o que vão pagar.

Espero que não venha a ter chatices com esta reclamação mas para já fiquei bastante feliz porque sinto que "fiz alguma coisa" pela ME.
Acham que fiz bem?
Acho que fizeste muito bem.
(Em tom jucoso) é nestes momentos que fico feliz pelo meu VE carregar apenas a 22...

santanamos
Proprietário Leaf
Mensagens: 1563
Registado: 19 dez 2011, 03:51
Data de fabrico: 0- 3-2015
Capacidade bateria: 55,45 Ah 11 barras
Localização: Lisboa

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por santanamos » 09 nov 2018, 03:15

Maravilhoso. Fase de transição é muito bom, mas para pagar já não é tão facultativo.
Até me surpreendeu o OPC estar responsável por postos sem conhecimento das condições em que operam! Se o cronometro parar de marcar descobrem na hora o problema :violin:

santanamos
Proprietário Leaf
Mensagens: 1563
Registado: 19 dez 2011, 03:51
Data de fabrico: 0- 3-2015
Capacidade bateria: 55,45 Ah 11 barras
Localização: Lisboa

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por santanamos » 09 nov 2018, 03:27

migle Escreveu:
08 nov 2018, 20:23

Não sei se a percepção dos outros lisboetas é a mesma, afinal eu nunca utilizei os PCRs de Lisboa, mas parece que resultou. Agora faltam os PCNs.
Bonito bonito era reduzirem a potencia dos PCN para 10A até à fase de pagamentos :twisted:
plpepapf Escreveu:
08 nov 2018, 23:44
O que aparenta é que aconteceu uma deslocação para os PCN's, que neste momento devem ter uma taxa de ocupação enorme...
Correcto, na zona que conheço melhor tem sido uma aventura para encontrar um PCN livre; no Sabado um uber com um leaf40 estava acampado num carregador de 16A. Viu-me a ligar o cabo na tomada industrial azul e saltou do carro muito surpreendido a perguntar o que era aquilo :shock: nunca tinha visto a portinhola aberta, muito menos um evse regulavel ;)

jfr2006
Mensagens: 1728
Registado: 26 nov 2014, 12:18
Data de fabrico: 31 out 2016
Capacidade bateria: 82.34Ah

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por jfr2006 » 09 nov 2018, 10:52

Fizeste bem em reclamar...

Mas eu agora pergunto: porque é que temos de ser nós a reclamar? Não era bom que existisse uma associação de utilizadores de veículos eléctricos que fizesse esse trabalho, em vez de ser cada um de forma isolada? Ah, espera... :roll: :roll:

Mais do que isso, só a própria confusão dos pagamentos/custos mostra como todo este processo é uma autêntica baralhada feita com um objectivo muito simples.... :twisted:

kony76
Mensagens: 198
Registado: 25 mai 2018, 20:06
Data de fabrico: 12 nov 2001
Capacidade bateria: 65,5 Ah

Re: Carregamentos pagos a partir de dia 1 de novembro

Mensagem por kony76 » 09 nov 2018, 11:24

Acho que fizeste bem em reclamar.
A "ameaça" deles é que é um pouco de baixo nível. Parece que querem dissuadir reclamações.
jfr2006 Escreveu:
09 nov 2018, 10:52

Mas eu agora pergunto: porque é que temos de ser nós a reclamar? Não era bom que existisse uma associação de utilizadores de veículos eléctricos que fizesse esse trabalho, em vez de ser cada um de forma isolada? Ah, espera... :roll: :roll:
Quem passa pelas situações somos nós. Parece-me um pouco difícil a UVE saber de todos os casos que cada um passa para poder reclamar.
Pode é estar atenta às reclamações que forem enviadas, desde que cada um que as faça, meta em CC a UVE, e depois fazer um reforço, por ex.

Há qui outra coisa que não nos afecta, mas que tenho curiosidade.
Como carregam os estrangeiros? Ficam limitados aos PCN?

Responder

Voltar para “Carregamento”