Diário de bordo - Malm

Fórum de discussão sobre o Mitsubishi I-MiEV e derivados.
Avatar do Utilizador
mjr
Administrador do site
Mensagens: 7740
Registado: 04 jan 2011, 15:55
Data de fabrico: 30 mai 2018
Capacidade bateria: 114.8 Ah 12 barras
Localização: Porto

Re: Diário de bordo - Malm

Mensagem por mjr » 16 nov 2017, 16:21

Sim, a autonomia do teu iMiEV já será superior à do Leaf do OCasal. A autonomia do meu deve ser ainda ligeiramente superior ao teu (ainda indica 40Ah, 60% SOH, mas tem 70% de SOH pelo teste da tomada).
Nissan Leaf 40 Tekna preto, entregue em 30 de maio de 2018. 500km em 2018-06-05
Nissan LEAF mk1 Preto, entregue em 7 de julho de 2011. 156000 km em 2018-06-05.
Sócio da associação de Utilizadores de Veículos Elétricos, UVE: http://www.uve.pt
Unidades corretas a usar na ME.

Avatar do Utilizador
figueiral
Mensagens: 81
Registado: 25 nov 2017, 23:58
Data de fabrico: 24 abr 2015
Capacidade bateria: 44,8 Ah
Localização: Santa Comba Dão

Re: Diário de bordo - Malm

Mensagem por figueiral » 31 dez 2017, 09:19

Meu livro de cabeceira deste momento: "O Diário do Malm, Uma Aventura Imievesca!"
O marcador já fica para lá do meio (125) e a minha mulher só me diz: Vai ali a Tábua e ele faz-te um resumo. :)
Por acaso não saiu nenhum resumo das Edições Europa América deste Diário pois não? :lol:
Ainda continuo na busca de um clone, mas já sei alguma coisa que não fazia ideia sobre eles.
Obrigado Malm e um bom ano!
É sorrir e carregar rapazes, sorrir e carregar.

Avatar do Utilizador
Malm
Proprietário i-MiEV
Mensagens: 3439
Registado: 06 ago 2011, 15:38
Data de fabrico: 31 mar 2011
Localização: Tábua

Re: Diário de bordo - Malm

Mensagem por Malm » 08 jan 2018, 12:03

Malm Escreveu:Estou nesta altura com 32,1Ah (66,88% da capacidade inicial). Tudo indica que vou acabar o ano com 31,9Ah. Iniciei o ano com 33.4Ah, o que quer dizer que vou perder este ano 1,5Ah, bem acima dos 0,6Ah do ano passado. O ano passado beneficiei de um acerto de 1,0Ah para cima a certa altura, e isso fez toda a diferença. Também já aqui tinha referido que me parecia que o carro teria feito, lá para março, uma atualização em relação ao tempo que reportava a perda de 0,1Ah, que anteriormente era sempre de 19/20 dias. Ora fazendo contas, mantendo esse ritmo, eu já deveria estar nos 31.9 agora. Sendo assim confirmo essa minha ideia, devendo estar agora o intervalo entre os 23/24 dias. Este valor já me parece ser mais de acordo com o que é indicado por outros utilizadores.
E foi tal e qual.
Entre um pack ainda mais fresco e um habitáculo tórrido, a escolha que faço é abrir as janelas.

Avatar do Utilizador
Malm
Proprietário i-MiEV
Mensagens: 3439
Registado: 06 ago 2011, 15:38
Data de fabrico: 31 mar 2011
Localização: Tábua

Re: Diário de bordo - Malm

Mensagem por Malm » 08 jan 2018, 12:25

figueiral Escreveu:Meu livro de cabeceira deste momento: "O Diário do Malm, Uma Aventura Imievesca!"
O marcador já fica para lá do meio (125) e a minha mulher só me diz: Vai ali a Tábua e ele faz-te um resumo. :)
Por acaso não saiu nenhum resumo das Edições Europa América deste Diário pois não? :lol:
Ainda continuo na busca de um clone, mas já sei alguma coisa que não fazia ideia sobre eles.
Obrigado Malm e um bom ano!
Obrigado pelas suas palavras e retribuo os votos de um bom ano. Talvez fizesse mas sentido dividir em capítulos: Diário do Malm - partes mais técnicas que realmente interessam, Diário do Malm - histórias familiares de viagem/peripécias, Diário do Malm - ideias parvas e divagações da imaginação, Diário do Malm - marcas e recordes.
Ainda nesta sexta-feira recebi boleia de um IOn, também de 2011. O carro era de um concessionário e quem o conduzia disse que adorava o carro. Apenas se queixou da autonomia, que poderia não chegar para todas as voltas que tinha de fazer durante um dia. Eu comecei a falar de CaniOn, de voltagem de células, de ritmo de degradação, de controlo de temperatura da bateria feito pelo carro, de carregamentos rápidos,... Fiquei com a sensação que estive 20 minutos a falar chinês, para alguém que lida diariamente com o carro. Deste modo, nem avancei para a possibilidade de fazer a refrigeração quando queremos, da possibilidade de haver desaparecimento/aparecimento de barras após o carro estar algum tempo parado, de ter conhecimento do valor de capacidade restante, de conhecer o ritmo de degradação estipulado pelo carro e possíveis futuros acertos. Neste momento sinto-me completamente satisfeito com o que julgo saber sobre o carro, sei os defeitos, sei como lidar com eles e por isso não me deixa mal. Mesmo quando o levo aos limites (e levo-o mesmo).
Entre um pack ainda mais fresco e um habitáculo tórrido, a escolha que faço é abrir as janelas.

Avatar do Utilizador
Malm
Proprietário i-MiEV
Mensagens: 3439
Registado: 06 ago 2011, 15:38
Data de fabrico: 31 mar 2011
Localização: Tábua

Re: Diário de bordo - Malm

Mensagem por Malm » 08 jan 2018, 12:31

Se não acontecer nada fora da rotina e se não me distrair no momento, o próximo post vai ser uma fotografia com os 111111 km.
Entre um pack ainda mais fresco e um habitáculo tórrido, a escolha que faço é abrir as janelas.

Avatar do Utilizador
Malm
Proprietário i-MiEV
Mensagens: 3439
Registado: 06 ago 2011, 15:38
Data de fabrico: 31 mar 2011
Localização: Tábua

Re: Diário de bordo - Malm

Mensagem por Malm » 03 fev 2018, 23:33

Imagem

Imagem

Imagem
Entre um pack ainda mais fresco e um habitáculo tórrido, a escolha que faço é abrir as janelas.

Avatar do Utilizador
Malm
Proprietário i-MiEV
Mensagens: 3439
Registado: 06 ago 2011, 15:38
Data de fabrico: 31 mar 2011
Localização: Tábua

Re: Diário de bordo - Malm

Mensagem por Malm » 03 fev 2018, 23:48

Na viagem que hoje fiz de ida e volta até Coimbra, em que cheguei à marca dos 111.111km, captei este atropelamento de um gato, que lá perdeu mais uma das suas vidas, e desta vez também a cauda.

https://www.youtube.com/watch?v=XpSiYreiay8

Estranho, quando cheguei a Tábua tentei carregar no carregador da vila, mas deu cartão inválido ???? Ainda de manhã tinha usado o cartão no PCR de Coimbra e tudo funcionou devidamente.
Entre um pack ainda mais fresco e um habitáculo tórrido, a escolha que faço é abrir as janelas.

mafgod
Proprietário Leaf
Mensagens: 630
Registado: 10 abr 2014, 16:43
Data de fabrico: 03 abr 2012
Capacidade bateria: 46,48Ah 9B +85000Km
Localização: Pelo Concelho Mafra

Re: Diário de bordo - Malm

Mensagem por mafgod » 04 fev 2018, 12:38

Já me aconteceu algo parecido no IKEA Alfragide.
De um dia para o outro o cartão mobi-e deixou de funcionar e usei o da prio. No dia seguinte já funcionava o da mobi-e.

Há umas semanas atrás também me tinha acontecido noutros postos e pedi uma segunda via ao da mobi-e. Na altura o cartão antigo estava estalado... está que é o novo, aparenta estar ok. Tou a ver que tenho de mandar vir outro lol

Avatar do Utilizador
figueiral
Mensagens: 81
Registado: 25 nov 2017, 23:58
Data de fabrico: 24 abr 2015
Capacidade bateria: 44,8 Ah
Localização: Santa Comba Dão

Re: Diário de bordo - Malm

Mensagem por figueiral » 04 fev 2018, 20:09

Parabéns pela marca! O hodómetro está cheio de tracinhos :)
É sorrir e carregar rapazes, sorrir e carregar.

Avatar do Utilizador
Malm
Proprietário i-MiEV
Mensagens: 3439
Registado: 06 ago 2011, 15:38
Data de fabrico: 31 mar 2011
Localização: Tábua

Re: Diário de bordo - Malm

Mensagem por Malm » 05 jun 2018, 20:10

Como nada tem havido de interessante para escrever, nada se tem escrito. Mas hoje tive uma surpresa, apareceu-me a tartaruga quando acelerava forte numa última subida antes de entrar na vila. Nada de extraordinário se não fosse o carro ter ainda 5 barras no mostrador, uns 35% de SoC. Assustei-me e desacelerei logo. Teria o carro uma célula agora muito mais degradada a atingir os 2, 75 V? Estaria a capacidade do pack a partir de agora seriamente comprometida? E iria conseguir chegar a casa? Liguei o Canion para ver o que se passava. Não se confirmou a catástrofe prevista. Não estava nenhuma célula significativamente abaixo de todas as outras e talvez o SoC verdadeiro podesse estar uns 10% abaixo do SoC indicado pelo carro, nada que eu já não tenha observado no passado. Concluo que na subida, devido a estar a acelerar a fundo terei levado células a voltagens muito baixas, que rapidamente regressaram aos 3,6/3,7 V quando deixei de acelerar. Neste momento estou com 30.2Ah, a perder um pouco mais de 0,1Ah por mês. Registei também uma acerto de 1,0 Ah para baixo, entre fevereiro e junho. Enquanto estiver assim para mim é suficiente, pack sem substituição prevista.
Entre um pack ainda mais fresco e um habitáculo tórrido, a escolha que faço é abrir as janelas.

Responder

Voltar para “Mitsubishi I-MiEV, Citroen C0 e Peugeot Ion”