Medição da resistência interna no IONIQ

Fórum de discussão dos VE e híbridos plug-in da Hyundai
Responder
Avatar do Utilizador
migle
Mensagens: 1202
Registado: 01 set 2017, 00:21
Data de fabrico: 25 set 2017
Capacidade bateria: 78Ah

Medição da resistência interna no IONIQ

Mensagem por migle » 07 abr 2018, 15:19

Brevemente, isto é um assunto que está só a começar, falta medir muita coisa. Tentei então medir a resistência interna por métodos semelhantes aos que me indicaram. Para não me fixar num ou noutro valor escolhido à mão, fiz um script que procura em todos os CSV grandes diferenças de corrente entre pontos próximos. Para cada um desses pontos, vamos obter um ponto no gráfico em baixo.

Há claramente o problema de estar a medir uma coisa como se fosse puramente resistiva e ela não é... Inicialmente, pensei que tinha de criar um escalão. No entanto, claramente um escalão têm muitas frequências, não seria nada o indicado. Desisti disso e fiz o gráfico assim.

Claramente, vê-se que a RI é mais alta quando o SoC está muito baixo. Chega a ser 90mΩ. Discriminei também a temperatura, mas apenas com a côr do ponto. A verde-amarelo estão pontos abaixo dos 30 graus, a laranja-vermelho pontos acima dos 30 graus após PCR.

Outra metodologia foi pegar numa curva de descarga (tensão vs SoC) e tentar aplicar-lhe valores de RI de forma a que a tensão oscilasse o menos possível. Essa metodologia, usada para os outros gráficos, deu-me valores na casa dos 48mΩ para SoCs médios e 56mΩ para SoCs baixos.

Imagem

Mas em tudo isto, falta o componente capacitivo da RI... Será que vamos lá pelo tempo?
Ioniq EV Imagem — Prius+ Imagem

Responder

Voltar para “Hyundai”