Diário de bordo do Hyôiô

Fórum de discussão dos VE e híbridos plug-in da Hyundai
Avatar do Utilizador
BrunoAlves
Proprietário Ioniq EV
Mensagens: 4220
Registado: 30 abr 2016, 12:39
Data de fabrico: 16 jun 2014
Capacidade bateria: 57Ah
Localização: Mealhada

Re: Diário de bordo do Hyôiô

Mensagem por BrunoAlves » 09 jan 2019, 19:00

Perdes, é certinho ;)

Trata de pedir a actualização ;)
Se forem conduzir, não bebam. Se forem beber, chamem-me!!! :D

Avatar do Utilizador
rnlcarlov
Mensagens: 1695
Registado: 16 jun 2015, 18:08
Data de fabrico: 04 mai 2011
Capacidade bateria: 41.1 Ah
Localização: Lisboa

Re: Diário de bordo do Hyôiô

Mensagem por rnlcarlov » 10 jan 2019, 13:03

Por alguma razão o Hyôiô tem alguma relação de ódio com a tomada 3 do mobie do Alto de S. João. Inicia a carga, eu fico lá à espera um bocado, mas assim que viro costas, pumba, pára de carregar. Pensei que pudesse ser qualquer mau handshake na comunicação com o carro, mas da vez que experimentei ligar o EVSE com adaptador Mennekes ao invés do cabo type 2, também aconteceu. Em princípio com o adaptador pelo meio o posto não "vê" o carro, apenas o adaptador, logo a razão não deve ser essa. O morangwatt carrega lá bem, outros carros também lá carregam. É verdadeiramente um mistério.

Avatar do Utilizador
rnlcarlov
Mensagens: 1695
Registado: 16 jun 2015, 18:08
Data de fabrico: 04 mai 2011
Capacidade bateria: 41.1 Ah
Localização: Lisboa

Re: Diário de bordo do Hyôiô

Mensagem por rnlcarlov » 15 jan 2019, 12:23

Ok, desta vez com o EVSE + Adaptador funcionou na tomada maldita. Tenho de testar mais vezes para ver se afinal este método é fiável ou não.

Avatar do Utilizador
rnlcarlov
Mensagens: 1695
Registado: 16 jun 2015, 18:08
Data de fabrico: 04 mai 2011
Capacidade bateria: 41.1 Ah
Localização: Lisboa

Re: Diário de bordo do Hyôiô

Mensagem por rnlcarlov » 12 mar 2019, 13:37

No fim de semana antes do Carnaval fui com o Hyôiô ao Algarve. Para sul fiz toda a auto-estrada com cruise control as 120km/h. De minha casa até ao PCR de Aljustrel fiz uma média de 14.8kWh/100. O PCR estava ocupado com um i3 que tinha acabado de chegar, logo fui à outra banda, onde carreguei até aos 94%.
Daí para baixo foi engraçado fazer a serra Algarvia sempre a 120km/h. Só me lembrava de penar com o moragnwatt a 70/80. Que beleza :lol:
Ao chegar ao Algarve fui almoçar ao IKEA (média de 15.1kWh/100) , e deixei o carro a carregar, pensava eu. Mas pelos vistos mal virei costas o posto abortou a carga.
Quando voltei do almoço vi que não tinha ganho nem 1%, e como não tinha carga no hotel, resolvi ir a Loulé cidade carregar no PCR (sem custos de OPC). Estava livre e foi só carregar e andar. Dali foi um pulinho até às Açoteias.
Mas não pude deixar de reparar que a orientação daquele PCR rivaliza com o de Guimarães

Imagem

Num dia seguinte almocei em Vilamoura e aproveitei para deixar o carro a carregar num dos PCNs. O mais perto da marina funcionou sem problemas, embora tivesse visto outros postos com algumas luzes vermelhas.
No Domingo de manhã fui passear mais um bocado e visitei o Vale do Lobo, onde pude ver que também estão a instalar PCNs, embora ainda estajam desligados.
Como era hora de regressar, passei novamente no IKEA Loulé para almoçar (e desta vez carregou o carro a 100% sem problemas) e abalei para cima. Após carga em Aljustrel até aos 94% rumei a Lisboa mas a chegar à Marateca vi que estava com um consumo muito elevado e que não ia chegar a casa, assim que baixei o CC para os 100km/h.
Acabei por chegar com 10%.
A factura da viagem em termos de carga foi 9€, custos de OPC de Aljustrel (mais IVA).

Fil
Proprietário Leaf
Mensagens: 4080
Registado: 20 mai 2013, 19:19
Data de fabrico: 01 jan 2012
Capacidade bateria: 48.0 Ah

Re: Diário de bordo do Hyôiô

Mensagem por Fil » 12 mar 2019, 17:35

Maravilha!

Isto de andar de Hyôiô é outra louça ;)

Excelentes médias!

Muitos e bons Klms!

Avatar do Utilizador
migle
Mensagens: 2507
Registado: 01 set 2017, 00:21
Data de fabrico: 25 set 2017
Capacidade bateria: 78Ah
Localização: Alcochete

Re: Diário de bordo do Hyôiô

Mensagem por migle » 16 mar 2019, 10:05

rnlcarlov Escreveu:
12 mar 2019, 13:37
Daí para baixo foi engraçado fazer a serra Algarvia sempre a 120km/h. Só me lembrava de penar com o moragnwatt a 70/80. Que beleza :lol:
É outra fruta!
Mas eu tenho de me lembrar de voltar a fazer a A2 a 120... :oops: ... é mais saudável.

O troço de Aljustrel para o Algarve e de volta, não custa nada, apesar da serra. O troço mais difícil é a norte de Aljustrel, são mais kms, e sempre em AE. Para sul, ao entrar na Via do Infante, a velocidade vai ser ligeiramente mais baixa, e depois há sempre alguns kms de N125 que não gastam nada. Para norte, é AE quase até ao fim.

Geralmente, dos 4, o troço que me obriga a fazer mais contas é de Aljustrel para norte, regresso, porque combina ser mais kms de AE com vento habitualmente contra, e a possibilidade de ao virar para oeste no nó da Marateca apanhar vento de oeste nos dias de mau tempo.
Ioniq EV Imagem — Prius+ Imagem

Avatar do Utilizador
rnlcarlov
Mensagens: 1695
Registado: 16 jun 2015, 18:08
Data de fabrico: 04 mai 2011
Capacidade bateria: 41.1 Ah
Localização: Lisboa

Re: Diário de bordo do Hyôiô

Mensagem por rnlcarlov » 19 mar 2019, 12:34

migle Escreveu:
16 mar 2019, 10:05
Geralmente, dos 4, o troço que me obriga a fazer mais contas é de Aljustrel para norte, regresso, porque combina ser mais kms de AE com vento habitualmente contra, e a possibilidade de ao virar para oeste no nó da Marateca apanhar vento de oeste nos dias de mau tempo.
Pois, foi exactamente esse que me deu mais problemas nesta viagem. Tem dias. Mesmo com o moragnwatt, houve dias em que podia ir na boa a 100 de Alcácer até casa. Mas noutros quase tinha que reduzir a 80 a meio do caminho porque estava a ficar com carga em baixo.

Avatar do Utilizador
rnlcarlov
Mensagens: 1695
Registado: 16 jun 2015, 18:08
Data de fabrico: 04 mai 2011
Capacidade bateria: 41.1 Ah
Localização: Lisboa

Re: Diário de bordo do Hyôiô

Mensagem por rnlcarlov » 17 abr 2019, 12:13

Há uns dias atrás uma trotinete tombou com o vento e foi embater no farol traseiro do Hyôiô, abrindo um buraco redondo no vidro protector.
Imagem

Só que infelizmente não se vende apenas o vidro, apenas o módulo completo. E na Hyundai apresentaram-me um preço de ficar :shock:
Até quem me atendeu verificou várias vezes para ver se não havia algum engano no preço.
Tendo em conta que o farol funciona, deu-me a entender para não me meter nisso.

Fui pesquisar na net pela referência 92403-G2 que encontrei de lado e é de facto o farol interior esquerdo. E até se encontram de salvados a preços mais interessantes. O curioso é que o aspecto das luzes não é bem igual.
Imagem

A consultar a lista de peças do Ioniq vejo que pode haver duas versões, uma led e outra Alô-génio :mrgreen: , mas tanto a minha como a destas peças me parecem de halogéneo. :think:
Ou então tem a ver com o híbrido e o eléctrico. Mas o raio da referência apontou-me para esta imagem. Nos sites de peças aparece-me 92403-G7050, ou 92403-G2000 ou 92403-G2150

[EDIT] - Pelo que vi nas imagens do site da hyundai uk, o híbrido e o híbrido plug-in têm os faróis traseiros diferentes do elétrico

beme83
Proprietário Leaf
Mensagens: 806
Registado: 11 dez 2014, 16:49
Data de fabrico: 11 dez 2014
Capacidade bateria: 59,91 Ah

Re: Diário de bordo do Hyôiô

Mensagem por beme83 » 17 abr 2019, 15:05

rnlcarlov Escreveu:
17 abr 2019, 12:13
Há uns dias atrás uma trotinete tombou com o vento e foi embater no farol traseiro do Hyôiô, abrindo um buraco redondo no vidro protector.
Mas a trotinete era de algum serviço ou era sua? se fosse de um dos serviços partilhados eles deviam assumir a reparação

Avatar do Utilizador
BrunoAlves
Proprietário Ioniq EV
Mensagens: 4220
Registado: 30 abr 2016, 12:39
Data de fabrico: 16 jun 2014
Capacidade bateria: 57Ah
Localização: Mealhada

Re: Diário de bordo do Hyôiô

Mensagem por BrunoAlves » 17 abr 2019, 15:22

São as dores do crescimento dos eléctricos. São poucos, tudo é caro... Dei o exemplo do pára brisas no outro dia, este é mais um caso.

Não sei quanto é que disseram que isso custa, mas um amigo tem um Leaf com o farol traseiro estalado e eram 350€ usado. Na Kia que tive consegui encontrar um farol traseiro, na Suécia, por quase 400€ usado. Pode até nem ser tão exagerado...
Se forem conduzir, não bebam. Se forem beber, chamem-me!!! :D

Responder

Voltar para “Hyundai”