PHEV até 42k - Kia Niro - Mini Contryman - Hyundai IONIQ

Outros veículos elétricos, incluindo concorrentes do Nissan Leaf.
Avatar do Utilizador
mikexilva
Moderador Global
Mensagens: 1481
Registado: 06 jan 2011, 00:44
Data de fabrico: 01 jan 2011
Capacidade bateria: 65,5 Ah
Contacto:

PHEV até 42k - Kia Niro - Mini Contryman - Hyundai IONIQ

Mensagem por mikexilva » 28 jun 2019, 02:06

Boas pessoal, apesar de continuarmos a ter o LEAF (principalmente usado pela esposa) estou numa fase nova da vida em que (se tudo correr bem) vou poder escolher um novo veiculo de serviço para substituir o Honda Jazz (que tb era o que usava para as viagens maiores de férias com a familia mulher e 2 miúdos).
E como já tenho lugar de garagem com possibilidade de carregamento (lugar ao lado onde carrego o LEAF), estou muito inclinado para um PHEV.
Como a empresa tem um acordo com a leaseplan e tb com a BMW (porque existe ou existiu um acordo com a marca) tb tinha o Mini como opção, mas PHEV's dentro do grupo BMW penso que só poderia optar pelo Mini Contryman PHEV, que tem uma motorização bastante potente (igual ao 225xe) mas quando se acaba a bateria os consumos disparam, e não tem tantos extras de tecnologia de série como por ex um Kia Niro PHEV (Android Auto, Lane Assist - para manter o carro na faixa de rodagem), etc
Em termos de distancias, como tenho um trajeto pequeno para o casa-emprego-escola-casa, nos dias que não tenha de ir a clientes o modo eletrico chega, claro que depois com deslocações aos clientes terei de usar gasolina talvez umas 2 ou 3 dias por semana (dependendo um pouco da ocasião).
Dado que os valores dos carros não sao assim tão diferentes, qual é que seria o vosso PHEV de eleição para uma situação destas?
Ando muito inclinado para o Kia Niro PHEV de 2020 que supostamente está para sair em breve e já foi mostrado no salão de genebra (tem umas ligeiras melhorias em relação ao modelo de 2018/2019 mais em tecnlogia de assistencia a condução).
Mas tb existe o Hyundai IONIQ PHEV (que me parece ter exactamente o mesma motorização do Kia PHEV) mas tem um design mais aerodinâmico e deve ter um consumo ligeiramente inferior na estrada (e tb é mais comprido que não ajuda muito nos estacionamentos em Lisboa), e depois tb existe o Mini Countryman PHEV que tem bastante mais potencia, e tb maior consumo (menos autonimia no modo eletrico, apesar de tb estar prestes sair uma actualização com uma ligeira melhoria na capacidade da bateria), mas como sempre fui um fan dos smartphones da Google, os BMW (e Mini que é do grupo) são um sapo difícil de engolir pois continuam a dizer que não vão suportar o Android Auto (talvez agora com a quebra de vendas resolvam a trocar o CEO e passar a suportar o Android Auto conforme esta petição quase com 2000 assinantes) e sinto muito a necessidade de usar a navegação com o smartphone e Google Maps ou Waze para fugir ao transito, etc .

Como não conduzi nenhum destes modelos, gostava de ter a vossa opinião, seja de comportamento ou de problemas/pontos muito positivos. Se existir algum outro PHEV dentro destes valores que me esteja a escapar tb é bem vindo à comparação.

PS: Porque não um 100% EV? porque os valores com baterias de grande autonomia normalmente andam mais para cima do que os PHEV, e tb devo ter a necessidade de vez em quando fazer Lisboa-Porto-Lisboa no mesmo dia que num EV pode-se tornar mais inconveniente.

Obrigado pelas vossas opiniões.

Avatar do Utilizador
pemifer
Proprietário Leaf
Mensagens: 2367
Registado: 15 fev 2016, 16:34
Data de fabrico: 27 mar 2018
Capacidade bateria: 109,30Ah
Localização: Lisboa

Re: PHEV até 42k - Kia Niro - Mini Contryman - Hyundai IONIQ

Mensagem por pemifer » 28 jun 2019, 09:40

Eu desconheço como é a tecnologia destes PHEV.
Sei que o BMW é um carro a gasolina ao qual foi adicionado um motor elétrico e bateria, deduzo que o Mini seja igual.
Em termos tecnológicos o PHEV que me atrairia mais seria o Mitsubishi Outlander.


https://www.mitsubishi-motors.pt/modelo ... ia-plug-in

Aqui alguns videos do "nosso" especialista em Mitsubishi Outlander PHEV Telmo.




renateves
Mensagens: 311
Registado: 05 mar 2014, 10:17
Data de fabrico: 01 jan 2011
Capacidade bateria: 37Ah
Localização: Veneza de Portugal

Re: PHEV até 42k - Kia Niro - Mini Contryman - Hyundai IONIQ

Mensagem por renateves » 28 jun 2019, 10:36

E o Golf GTE?

Também andei a ver os Outlanders mas tem dois "problemas" para mim: é grande e portanto, pesado (2 toneladas); sendo grande, para quem anda nas autoestradas, este está no escalão 2. Na altura que andei a ver a Mitsubichi tinha\tem um kit de suspensão que permitia baixar o carro/jipe e assim passar para o escalão 1 (de portanges)... não sei como ficou essa situação!

O Golf continua a ser um carro de excelência, apesar de ter a problemática da VW (e seus esquemas já conhecidos), é um carro que permite ter os dois mundos... cidade e viagens fora da cidade.

Só para afirmar que não tenho nenhum dos dois... mas não me importava :lol:

Por último, o Ioniq e Niro é a diesel (motorização GDI)

Avatar do Utilizador
pemifer
Proprietário Leaf
Mensagens: 2367
Registado: 15 fev 2016, 16:34
Data de fabrico: 27 mar 2018
Capacidade bateria: 109,30Ah
Localização: Lisboa

Re: PHEV até 42k - Kia Niro - Mini Contryman - Hyundai IONIQ

Mensagem por pemifer » 28 jun 2019, 15:54

Penso que os vw (vw quer dizer porsche, audi, seat, skoda, vw) também são carros a combustão que espetaram lá um motor elétrico e uma bateria.
Aliás até houve uma noticia que tinham parado de os fabricar porque os fabricavam graças a um subsidio de baixas emissões mas depois descobriu-se que eram tão ou mais poluentes que os irmãos a combustão, perderam o subsidio, deixaram de os fabricar.

https://observador.pt/2018/11/22/audi-t ... q7-e-tron/

Avatar do Utilizador
mikexilva
Moderador Global
Mensagens: 1481
Registado: 06 jan 2011, 00:44
Data de fabrico: 01 jan 2011
Capacidade bateria: 65,5 Ah
Contacto:

Re: PHEV até 42k - Kia Niro - Mini Contryman - Hyundai IONIQ

Mensagem por mikexilva » 28 jun 2019, 16:34

renateves Escreveu:
28 jun 2019, 10:36
E o Golf GTE?

Por último, o Ioniq e Niro é a diesel (motorização GDI)
O GDI da Hyundai e Kia tb me baralhou, mas o folheto do carro fiz que é a gasolina e depois fui ver e o GDI quer dizer "Gasoline direct injection"
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Gasolin ... _injection

O Golf GTE não ponderei (talvez os problemas da VW me tivesse afugentado inconscientemente) nem sei se está dentro dos mesmos valores ou se ainda está disponível, tenho de investigar melhor..

O Outlander parece-me demasiado grande/pesado (que tb aumenta os consumos) para o dia a dia na cidade e tb vai para valores acima dos outros.

jfr2006
Mensagens: 2043
Registado: 26 nov 2014, 12:18
Data de fabrico: 31 out 2016
Capacidade bateria: 82.34Ah

Re: PHEV até 42k - Kia Niro - Mini Contryman - Hyundai IONIQ

Mensagem por jfr2006 » 28 jun 2019, 16:58

Prius PHEV ;)

Avatar do Utilizador
mikexilva
Moderador Global
Mensagens: 1481
Registado: 06 jan 2011, 00:44
Data de fabrico: 01 jan 2011
Capacidade bateria: 65,5 Ah
Contacto:

Re: PHEV até 42k - Kia Niro - Mini Contryman - Hyundai IONIQ

Mensagem por mikexilva » 28 jun 2019, 17:07

jfr2006 Escreveu:
28 jun 2019, 16:58
Prius PHEV ;)
Realmente até deve ser o mais óbvio, mas o modelo atual pareceu-me tão feio que nem pensei mais no assunto.. depois tb tenho alguns anti-corpos à Toyota por não ter lançado um EV há anos, assim que saiu o primeiro Prius tinha tecnologia para um PHEV e continuaram a ignorar a procura até já haver muitas outras opções no mercado.. e penso que tb não tem Android Auto, que juntamente com a BMW devem ser das poucas que ainda não suportam.

Avatar do Utilizador
migle
Mensagens: 2166
Registado: 01 set 2017, 00:21
Data de fabrico: 25 set 2017
Capacidade bateria: 78Ah
Localização: Alcochete

Re: PHEV até 42k - Kia Niro - Mini Contryman - Hyundai IONIQ

Mensagem por migle » 29 jun 2019, 01:16

A minha opinião é fortemente a favor do Prius PHV ou do Ioniq PHEV. Entre os CIs, estes são os reis da eficiência energética, os únicos que fazem consumos dignos de um híbrido. São os únicos que vão permitir fazer viagens em estrada com consumos na casa dos 3,4-3,6l/100km de gasolina.

O Prius é pai deles todos. Foi desenhado para que o CI fosse usado sempre no seu ponto de máxima eficiência, começando com um motor com os tempos de abertura das válvulas modificado para aproveitar melhor o combustível, dito de ciclo Atkinson. A transmissão não tem qualquer embraiagem, qualquer escorregamento. Nela entra o motor sempre engatado e dois motores eléctricos um deles acoplado às rodas. Pela rotação do terceiro motor, o controlador do carro consegue escolher para a força pedida pelo utilizador qualquer combinação de força dos dois sistemas de propulsão, e consegue obter para a mesma velocidade qualquer RPM do CI, de forma que o coloca sempre no ponto de máxima eficiência. Tal como num eléctrico, a qualquer momento se carrega no acelerador e obtém a potência máxima nas rodas. Na versão PHV, basta cruzar com CC e meter em EV que o carro faz a gestão da bateria. Basta ver como o Luís Neves do fórum Prius-PT faz as suas viagens da zona de Coímbra ao Algarve por auto-estrada, com cruise-control. O carro vai gastando a energia da bateria aos poucos, nos momentos em que é mais proveitoso deixar o CI de lado. O resultado são viagens a 120-130km/h e médias entre os 3,4 e os 4,0l/100km. Agora, se a estética um tanto Samurai realmente incomoda...

O Ioniq tem também um motor de ciclo Atkinson, porém tem uma transmissão de dupla embraiagem (DCT), também conhecida como uma transmissão sequencial. Aqui assim que se mete uma mudança, a mudança seguinte é alinhada com o eixo do motor para estar pronta para entrar a seguir numa fracção de segundo. As mudanças mudam-se com patilhas atrás do volante. O Ioniq é 20cm mais curto que o Prius, de resto segue as mesmas dimensões. O Ioniq rivaliza em consumos com o Prius e também desperta paixões. Um moderador do fórum ioniqforum.com, um informático na casa dos 60 anos, chegou a escrever um poema acerca das duas personalidades do carro...

Pela eficiência energética sem compromissos, pela sua rapidez, etc, e ainda a robustez lendária do Prius (sistema com pouca manutenção, sem correias, embraiagens, necessidade de trocar injectores, etc), estes carros são o pináculo da engenharia de carros de CI. PHEVs que consomem 6l/100km de gasolina após esgotar a bateria.... servem para obter benefícios fiscais e mais nada. Estes outros, geralmente têm mudanças automáticas, com conversores de binário, o que não tem nada a ver nem com a e-CVT do Prius, nem com uma DCT (às vezes também com patilhas no volante, mas não é a mesma coisa).

O Kia Niro PHEV tem o mesmo "drivetrain" que o Ioniq. Porém, não acho difícil estacionar o Ioniq em Lisboa. Com câmara para trás, eléctrico, assistência a subir, o carro não descai para lado nenhum... é muito fácil.

Agora um comentário... Android Auto? Isso é coisa que influencie uma decisão destas?

Eu uso alternadamente, consoante calha, o satnav do Ioniq, e o Google Maps e o Waze em Android Auto. Quero genuinamente perceber se existe alguma vantagem no Maps. A única que encontro, é que o Maps está sempre a mostrar os trajectos alternativos no ecrã e o tempo que se perderia. De resto, mesmo considerando as imagens de satélite, acho-o pior em muitas coisas em relação ao do Ioniq.

Eu fiquei espantado em saber através deste tópico que nos BMW não há Android Auto. Eu sabia que para o Car Play é preciso um dongle que a BMW vende por 400€... para usar com a HU Profissional que custa 2000€... mas não ter... Talvez a BMW ache que o seu cliente típico, de 50 anos, não tenha uma paixão pelo telemóvel que se dê ao trabalho de andar a ligar um cabo USB sempre que entra no carro.

Agora, comprar um sistema de navegação premium, de 2000€, para a seguir usar uma coisa tão mal acabada como o Android Auto e apps de borla... é esquisito. Para ter esse nível de integração com o carro, mais vale ter um tablet Android lá metido.

Eis algumas coisas que o satnav oferece que um sistema no telemóvel nunca poderá oferecer:
  • Posicionamento em zonas sem cobertura da rede de telemóvel. O carro tem a antena de GPS no tejadilho.
  • Posicionamento onde não há GPS, por odometria, como túneis, parques de estacionamento subterrâneo, etc.
  • Posicionamento preciso, graças à fusão dos dados de GPS com diversos sensores. O sistema da BMW consegue saber em que faixa está o carro e indicar ao utilizar se ele deve mudar de faixa. O Google Maps nem distingue se estamos numa via lateral, ou até numa rua paralela.
  • Integração com o carro, saber a velocidade, SoC, etc, e agir de acordo com isso.
No caso da Hyundai, até se pode dizer que o Maps tem a vantagem de ser mais "ligado", obtém mais coisas da internet do que apenas informação de tráfego. Mas no caso da BMW, pelo contrário... eis algumas coisas que dá e que o Maps não dá mas podia dar.
  • Informação actualizada ao minuto de bombas de gasolina, com preços, postos de carregamento, com ocupação. O Google Maps não sabe sequer o que são postos de carregamento, houve alguns utilizadores carolas que os introduziram à mão, mas ele nem sabe o que são, e bombas de gasolina está sempre no menu.
  • Sugestões de carregamento. Possibilidade de reservar postos de carregamento (em Portugal, não, claro).
Isto para não falar nas funcionalidades para PHEVs que foram anunciadas esta semana em Munique. Os PHEVs vão poder dizer aos donos se conseguem chegar ao seu destino dentro de uma zona de emissões zero, ou dar a sugestão de carregar, ou forçar o carregamento antes de lá chegar ou evitar gastar a bateria, etc...

Finalmente, o Toyota suporta MirrorLink. O BMW não sei, talvez... E não vamos esquecer que vai haver o Car Play sem fios, o MiraCast, etc, tudo maneiras muito mais interessantes de partilhar o monitor. Na realidade, o Android Auto só é uma solução boa para carros com satnavs muito fraquinhos.
Ioniq EV Imagem — Prius+ Imagem

Avatar do Utilizador
frankesousa
Mensagens: 361
Registado: 17 abr 2018, 00:11
Data de fabrico: 20 fev 2016
Capacidade bateria: 70,40 Ah 12 barras

Re: PHEV até 42k - Kia Niro - Mini Contryman - Hyundai IONIQ

Mensagem por frankesousa » 29 jun 2019, 09:18

Só para corrigir, o Android auto (e talvez os Apple também) recebe todos os dados que quiser do carro, tipo canbus, não é só espelhar o tlm.

Dados de GPS, direção, odometro, velocidade do carro, usa portanto a antena do tejadilho e não a do tlm.
Normalmente a experiência de utilização é muito boa, mapa fluído trânsito realmente em tempo real, etc.
Não digo que nos ve não tenham outras características úteis como os postos de carga que o Android ainda não tem, mas passa a ter rapidamente e atualiza sozinho.
Até as ruas, se pedires uma correção uns dias depois tens a Rua corrigida no Android auto, duvido muito que isso aconteça num GPS de carro (talvez na Tesla).

Claro que há outras coisas mais importantes quando escolhemos um carro, mas este será um muito útil sem dúvida.

Posso deixar também o meu testemunho do Prius plugin o que usei durante 3 semanas (foi um dos culpados de me apaixonar pela Mobilidade eléctrica mesmo que fossem carros "pouco bonitos")
Gasta realmente pouco, mesmo com a bateria esgotada. Não tem nada a ver com o c-hr híbrido "normal" dos meus pais que nunca faz menos de 5/6L/100km. O Prius plugin faz facilmente 3/4L/100km.

Mas, dependendo do perfil de viagens de cada um, se o normal forem andar 30,40,50 km por dia qualquer plugin fará 1/2L/100km já que vai andar quase sempre desligado.
Viagens grandes, tal como nos ve, é só de longe a longe na maior parte dos casos, por isso nem vale a pena contar com isso
Leaf Acenta 30kWh de 2016
4/2018 - 37.000Km (72,98Ah - 12 Barras)
10/2018 - 47.500km (71,75Ah - 12 Barras - 90,27% SOH)
02/2019 - 60.200km (70,40Ah - 12 Barras - 88,57% SOH)
Associado UVE

lifao
Mensagens: 58
Registado: 07 dez 2017, 14:43
Data de fabrico: 01 jan 2011
Capacidade bateria: 65,5 Ah

Re: PHEV até 42k - Kia Niro - Mini Contryman - Hyundai IONIQ

Mensagem por lifao » 29 jun 2019, 10:24

Bom dia,

E como são as manutenções destes phev? É manutenção do motor a combustão mais as possíveis manutenções do eléctrico? Uma das razões que fugi para os eléctricos foi para acabar com as in€trmináv€is manut€nçõ€s...

Responder

Voltar para “Outros veículos elétricos e híbridos Plug-In”