Regulamento da Mobilidade Elétrica

Toda a discussão relativa a Pontos de Carregamento também conhecidos por EVSE (Electric Vehicle Supply Equipment) vem para aqui.
FullElectric
Mensagens: 867
Registado: 29 jan 2014, 19:39
Data de fabrico: 01 abr 2011
Capacidade bateria: 49,5 Ah

Re: Regulamento da Mobilidade Elétrica

Mensagem por FullElectric » 13 set 2019, 21:58

O Manuel Pinho, finalmente, parece que está a ser apertado por supostos FAVOR€€€€S políticos à EDP
Tenho esperança que daqui a uns tempos alguns outros nomes também rolem devido a favores que estão a fazer aos do costume com esta trapalhada legislativa para a ME

Avatar do Utilizador
mjr
Administrador do site
Mensagens: 8641
Registado: 04 jan 2011, 15:55
Data de fabrico: 30 mai 2018
Capacidade bateria: 114.8 Ah 12 barras
Localização: Porto

Re: Regulamento da Mobilidade Elétrica

Mensagem por mjr » 13 set 2019, 22:59

Palavras fortes. Todo o articulado da ME é basicamente anterior a 2014, sendo que a génese do modelo parece ser de 2009-2010. A quem te referes em particular?

Deixo aqui um documento de 2015 da EDP Distribuição sobre a proposta de RME nesse ano:

http://www.erse.pt/pt/consultaspublicas ... 2/EDPD.pdf

Curiosamente nesse ano não me recordo de haver grande discussão sobre o assunto nem aqui nem em lado nenhum.
Nissan Leaf 40 Tekna preto, entregue em 30 de maio de 2018. 25000km em 2019-07-27.
Nissan LEAF mk1 Preto, entregue em 7 de julho de 2011. 162000 km em 2019-07-27.
Tesla Model 3 LR preto entregue em 2019-03-06. 13500km em 2019-07-27.
Sócio da associação de Utilizadores de Veículos Elétricos, UVE: http://www.uve.pt

Avatar do Utilizador
BrunoAlves
Proprietário Ioniq EV
Mensagens: 4045
Registado: 30 abr 2016, 12:39
Data de fabrico: 16 jun 2014
Capacidade bateria: 57Ah
Localização: Mealhada

Re: Regulamento da Mobilidade Elétrica

Mensagem por BrunoAlves » 14 set 2019, 00:16

mjr Escreveu:
13 set 2019, 22:59
Curiosamente nesse ano não me recordo de haver grande discussão sobre o assunto nem aqui nem em lado nenhum.
Nessa altura havia muito menos gente nisto (eu só depois de 2016). Mais, na altura só se havia postos e um cartão (agora estamos muito melhor, são 5 ou 6?) e era gratuito, não há comparação...

Mas lá está, se a legislação é antiga e desaquada, é uma excelente altura para romper com o antigo e dar lugar ao novo.
Também não sou nada a favor destas bocas de política encapotada. A discussão para mim não envolve nomes nem entidades, envolve legislação desaquada e que tem de ser corrigida. Hoje.
Se forem conduzir, não bebam. Se forem beber, chamem-me!!! :D

Avatar do Utilizador
mjr
Administrador do site
Mensagens: 8641
Registado: 04 jan 2011, 15:55
Data de fabrico: 30 mai 2018
Capacidade bateria: 114.8 Ah 12 barras
Localização: Porto

Re: Regulamento da Mobilidade Elétrica

Mensagem por mjr » 14 set 2019, 00:26

Por isso é que eu coloquei este tópico (viewtopic.php?f=29&t=7848), para se discutir. Há modelos alternativos propostos por essa net fora, é só pesquisar.

O modelo típico alternativo é muito semelhante ao que já indicaram aqui:

- Permitir pagamentos AD Hoc via OPC.
- Levantar a restrição nos espaços privados de acesso público de estarem ligados à rede de ME.
- Permitir a criação de várias redes de ME, devidamente licenciadas, com roaming entre elas.
- Etc.

O RME é baseado no modelo atual logo para quem quer outro modelo ele (RME) não serve para nada.
Nissan Leaf 40 Tekna preto, entregue em 30 de maio de 2018. 25000km em 2019-07-27.
Nissan LEAF mk1 Preto, entregue em 7 de julho de 2011. 162000 km em 2019-07-27.
Tesla Model 3 LR preto entregue em 2019-03-06. 13500km em 2019-07-27.
Sócio da associação de Utilizadores de Veículos Elétricos, UVE: http://www.uve.pt

Avatar do Utilizador
BrunoAlves
Proprietário Ioniq EV
Mensagens: 4045
Registado: 30 abr 2016, 12:39
Data de fabrico: 16 jun 2014
Capacidade bateria: 57Ah
Localização: Mealhada

Re: Regulamento da Mobilidade Elétrica

Mensagem por BrunoAlves » 14 set 2019, 00:56

mjr Escreveu:
14 set 2019, 00:26
O RME é baseado no modelo atual logo para quem quer outro modelo ele (RME) não serve para nada.
Amen.

E foi isso que eu respondi (naturalmente com outra ponderação e justificações várias) à consulta pública. E é isso que eu ambiciono que a UVE procure, com força, não com sugestões vazias a um regulamento que já de si é vazio.

Em relação ao outro tópico, não sei se dá para separar. Afinal está (acho eu) ligado.
Se forem conduzir, não bebam. Se forem beber, chamem-me!!! :D

Avatar do Utilizador
BrunoFonseca
Mensagens: 715
Registado: 16 jul 2018, 12:32
Data de fabrico: 29 mai 2018

Re: Regulamento da Mobilidade Elétrica

Mensagem por BrunoFonseca » 14 set 2019, 01:20

BrunoAlves Escreveu:
14 set 2019, 00:56
mjr Escreveu:
14 set 2019, 00:26
O RME é baseado no modelo atual logo para quem quer outro modelo ele (RME) não serve para nada.
Amen.

E foi isso que eu respondi (naturalmente com outra ponderação e justificações várias) à consulta pública. E é isso que eu ambiciono que a UVE procure, com força, não com sugestões vazias a um regulamento que já de si é vazio.

Em relação ao outro tópico, não sei se dá para separar. Afinal está (acho eu) ligado.
Idem! Nos contributos que enviei para a ERSE coloquei uma introdução onde referia que o modelo actual não serve os interesses dos UVE nem do país.

caz
Mensagens: 291
Registado: 28 ago 2018, 13:30
Data de fabrico: 15 ago 2018
Capacidade bateria: 40 Kwh
Localização: Lisboa

Re: Regulamento da Mobilidade Elétrica

Mensagem por caz » 14 set 2019, 10:10

mjr Escreveu:
14 set 2019, 00:26
Por isso é que eu coloquei este tópico (viewtopic.php?f=29&t=7848), para se discutir. Há modelos alternativos propostos por essa net fora, é só pesquisar.

O modelo típico alternativo é muito semelhante ao que já indicaram aqui:

- Permitir pagamentos AD Hoc via OPC.
- Levantar a restrição nos espaços privados de acesso público de estarem ligados à rede de ME.
- Permitir a criação de várias redes de ME, devidamente licenciadas, com roaming entre elas.
- Etc.

O RME é baseado no modelo atual logo para quem quer outro modelo ele (RME) não serve para nada.

Concordo contigo. Existem vários modelos e todos têm vantagens e desvantagens.

Mas acho que o principal problema não é o modelo mas sim as condições de o tornarem atrativo para os investidores. Hoje temos muitos problemas pequenos (leitura ligeiramente diferentes do que aparece no posto, apagões, carregadores avariado,...), Mas o principal problema é que a rede tem muito poucos carregadores e não está a crescer.

Para isso temos de ter condições para melhorar a atratividade do negócio. Já disse duas que no meu entendimento matam o negócio: as taxas fixas mensais a pagar á EDP distribuição (termo fixo) e á mobie.

Uma coisa é fazer investimento e estar á espera que apareçam clientes. Outra coisa é fazer isso no pressuposto de perder dinheiro todos os meses até que as receitas cubram os custos (no momento e que compensem as perdas históricas)

Independentemente do modelo estás condições de base são essenciais, porque senão não vai acontecer nunca investimento suficiente nesta área

caz
Mensagens: 291
Registado: 28 ago 2018, 13:30
Data de fabrico: 15 ago 2018
Capacidade bateria: 40 Kwh
Localização: Lisboa

Re: Regulamento da Mobilidade Elétrica

Mensagem por caz » 14 set 2019, 10:16

Acho mais fácil a UVE conseguir algumas concessões ao modelo atual do que conseguir acabar com a mobie.

Inevitavelmente este modelo vai coexistir com outros. Se não tiveram a coragem de forçar a Tesla a ligar-se à rede mobie, muito menos vão ter coragem com a Ionity.

Por isso acho que a UVE deveria concentrar os seus esforços na melhoria das condições de investimento e não sobre mudar tudo

caz
Mensagens: 291
Registado: 28 ago 2018, 13:30
Data de fabrico: 15 ago 2018
Capacidade bateria: 40 Kwh
Localização: Lisboa

Re: Regulamento da Mobilidade Elétrica

Mensagem por caz » 14 set 2019, 12:40

Já agora um elemento histórico pouco conhecido que pode ajudar na argumentação junto das DGEG/ERSE/...

Quando apareceram as placas de dados móveis os preços eram muito altos porque se consideravam os modelos económicos anteriores. Alguém na Optimus, que tinha a rede com baixo nível de utilização, um modelo económico de um produto em que eram apenas considerados os custos marginais, pois não seriam necessários investimentos adicionais significativos para fornecer esse serviço.

Com este novo modelo económico a Optimus conseguir colocar o preço da "banda larga móvel" ao preço das ligações à internet fixas. (para quem não saiba o Kanguru, foi o primeiro produto de dados móveis a preços acessíveis no mundo). Claro que todos os outros operadores copiaram o modelo de negócio e hoje a internet móvel é uma grande fonte de receita dos operadores de telecomunicações.

Copiando o exemplo para a mobilidade elétrica, hoje temos uma rede elétrica que está muitas vezes sem utilização. A ME tem a vantagem de poder ir buscar energia quando a rede tem energia a mais. Logo trás mais receita e reduz os custos operacionais.
Aplicando o modelo em que só se usam os custos variáveis, então não deveriam existir nem as taxas de ligação à rede onde exista rede disponível, nem termos fixos de potência e a TAR da mobildade elétrica deveria ser no máximo igual à TAR normal (podendo ser mesmo mais baixa).

É este o esforço que é necessário que os atores atuais da energia necessitam de fazer, para ter uma fonte adicional de receita e menos custos.

Avatar do Utilizador
mjr
Administrador do site
Mensagens: 8641
Registado: 04 jan 2011, 15:55
Data de fabrico: 30 mai 2018
Capacidade bateria: 114.8 Ah 12 barras
Localização: Porto

Re: Regulamento da Mobilidade Elétrica

Mensagem por mjr » 14 set 2019, 12:52

Esse efeito é automático pois sendo uma atividade regulada pela ERSE, todos os custos são conhecidos. Ao aumentar a utilização da rede esses custos serão diluídos e o custo será menor por utilizador.

Infelizmente o carregamento de VEs, especialmente cargas rápidas tem picos muito grandes de potência, com variações rápidas (segundos) que não são as ideais para a gestão da rede.

Não é fácil a ERSE (diria que é impossível) aceitar uma coisa dessas. Até porque duvido que os outros utilizadores da rede fossem nessa proposta.

Se a rede fosse privada (caso da Optimus) e não partilhada (pública), esse modelo poderia fazer sentido.
Nissan Leaf 40 Tekna preto, entregue em 30 de maio de 2018. 25000km em 2019-07-27.
Nissan LEAF mk1 Preto, entregue em 7 de julho de 2011. 162000 km em 2019-07-27.
Tesla Model 3 LR preto entregue em 2019-03-06. 13500km em 2019-07-27.
Sócio da associação de Utilizadores de Veículos Elétricos, UVE: http://www.uve.pt

Responder

Voltar para “Carregamento”